Olhando pra Lisboa, ali tão perto ............... lá no alto, de cabelos ao vento................................ o Cristo-Rei foi pregar para o deserto ..................... e deixou os camelos em... «Belém»!

=========================================

FRASES INTEMPORAIS APLICADAS À POLÍTICA

1 - O cigarro adverte:

"o governo faz mal à saúde!"

2 - Não roube,

“o governo detesta concorrência.”

3 - Errar é humano.

“Culpar outra pessoa é política.”
4 - Autarcas portugueses
"São os mais católicos do mundo. Não assinam nada sem levar um terço.

5 - Se bem que…

"o salário mínimo deveria chamar-se gorjeta máxima".

6 - Feliz foi Ali-Babá que:
"não viveu em Portugal e só conheceu 40 ladrões!!!..."

7 - Não deixe de assistir

"ao horário político na TV:

Talvez seja a única oportunidade de ver políticos portugueses em "cadeia nacional".

8 – O maior castigo

"para quem não se interessa por política é que será governado pelos que se interessam."

9 - Os políticos
"são como as fraldas... Devem ser trocados com frequência, e sempre pelo mesmo motivo...

10 - Os líderes

"das últimas três décadas ou sucedem a si próprios ou então criam clones dos seus tiques."

11 - Os partidos
"
tomaram conta do Estado e puseram o Estado ao seu serviço."

12 - A frase do dia é de Alberto João Jardim:
- O que penso sobre o aborto?!...

- Considero-o um péssimo Primeiro-ministro e está a governar muito mal o País.

13 - Notícia de última hora!!!

- “Fiscais da ASAE, (brigada de inspecção da higiene alimentar), acabam de encerrar a Assembleia da República.“
Motivo: Comiam todos no mesmo tacho!

14 – Bom para Portugal!!!!!

"Sou totalmente a favor do casamento gay entre os políticos.

Tudo que possa contribuir para que eles não se reproduzam é bom para o país..."

15 - Candidatos:

"Antigamente os cartazes nas ruas, com rostos de criminosos, ofereciam recompensas;
hoje em dia, pedem votos".

16 - País desenvolvido:

"não é onde o pobre tem carro, é onde os políticos usam transporte público".

17 - Austeridade é quando

"o Estado nos tira dinheiro para pagar as suas contas até deixarmos de ter dinheiro para pagar as nossas".

18 - O governo esclare:

"Os cortes aos reformados só se aplicam a quem tiver 2 pensões. Quem tiver 2 hotéis ou 2 residenciais está safo".

19 - A força do Fisco:

"O estado arranca-me tudo à força e depois diz que sou contribuinte".

20 - País desenvolvido

não é onde o pobre tem carro, é onde os políticos, usam transporte público.

21 - Austeridade é quando

o Estado nos tira dinheiro para pagar as suas contas até nós deixarmos de ter dinheiro para pagar as nossas.

===================================================

10
Jan 06

leao_alerta.jpgLaura B. Martins… Estupefacta!

Nem sei bem porque é que estou a repassar isto da Sara Rafael!
Será que também ando um bocado chateada? Se calhar sou a segunda mas não serei a última!!!!!
Vai daí, vou-me deitar enquanto vou tendo uma caminha para dormir, porque macas de hospitais portugueses... nem vê-las!

E pensar que me anda o n/primeiro pela estranja a tentar copiar para cá o choque tecnológico e esquece-se que esse choque  começou a ser preparado em 1980 para agora dar resultados dignos de serem copiados.
Mas, ó senhor! Então o senhor não vê que esse povo e o nosso são tão diferentes? Eles são politizados, instruídos, bem tratados.
E nós?
Primeiro deixaram-nos na ignorância durante 40 anos.
Depois deram-nos liberdades a mais.
Em seguida gastaram-nos o ouro que a outra senhora nos deixou por herança sem que nos servisse de algum proveito.
E agora querem dar-nos um choque tecnológico?
A troco de quê? A gente portou-se mal para ser-mos castigados? Possa!!!!!!!!

Se a gente nem passa no exame da 4ª classe, possuímos uma imensa percentagem de analfabetos, os n/alunos chumbam-se todos na matemática e no português e nas escolas têm um computador para 50 alunos, como é que vamos aguentar tanta  tecnologia? Qual é o nível do povo do país a copiar? E o nosso? Não lhe vêm diferenças? Haja Deus!
Já informatizámos os tribunais?  
Já informatizámos completamente os serviços de saúde?
Já informatizámos os serviços estatais?
E por fim, o mais importante: já ensinaram os empregados de cada sector a trabalhar decentemente com a informatização?
Ah! Esqueceram-se de lhes dar formação? Eu logo vi que se esqueciam de alguma coisa!!!!!!
Não se esqueceram?
Ah.....  foram eles que faltaram à formação e foram para o bar ou para casa dormir a sesta!!!!!
Mas não há ninguém que confira estas formações?
Ah!..... São só um pretexto para receber os dinheiros da Comunidade Europeia e depois comprar uns jips e umas coisitas de luxo?!!!!!
Desculpem! Eu não sabia!!!!!!!

É que uma vez mandei uma mensagem para uma Câmara e acabei por telefonar para saber o resultado da consulta porque nunca mais me respondiam por e-mail. A resposta foi esta: - A pessoa que deveria receber as mensagens do público não sabia abrir a cx. do correio e, por isso, estava atulhada de mensagens sem resposta. Que tal? Parece piada, não é?  hihihihihi
Portugal é assim mesmo!!!!!!!!!!!!!!!!! Ganda país, meu!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! 
Não admira que esteja cheio de emigrantes vadios!!!!!!!!!!!!! Sim, porque os outros trabalham e ainda se admiram com os portugueses. Dizem que poderíamos ser um país rico!!!!!!!!!!!
E não é que têm razão? Se não fosse tudo a roubar........ E  ninguém a controlar porque a anarquia interessa a muitos!......
Cala-te boca!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
------------------------------------------
Laura B. Martins
==========================


Moderar... dizem eles
Sara Rafael… em estado de choque

Preciso de ajuda.
A minha perplexidade é tão avassaladora como os meus problemas de liquidez.
O governo aumentou a taxa moderadora das urgências hospitalares, para moderar as idas do povo às urgências dos hospitais... disse o ministro da saúde... privada. Ou ministro da doença?
Estou confusa? Ah, pois estou!
Alguém se diverte nas urgências hospitalares para eles terem que restringir o acesso?
Ou há por lá festas ou rave parties que me passam despercebidas?
Quando vou às urgências ou passo 6 horas sentada com dores numa cadeira de plástico mais rijo que a madeira; ou as máquinas de diagnóstico estão avariadas; ou se parto uma perna estou três (3) dias na mesma maca, isto é: como não posso andar, passo 3 dias no meio dos lençóis sujos dos doentes anteriores mais a minha urina e fezes, num canto dum armário, porque não há camas que cheguem. Falta de camas nos hospitais e eles restringem o acesso?
Ou os médicos são incompetentes e internam doentes que não precisam de internamento ou eu tenho que pagar hospitais privados para ser tratada com dignidade?
Ou os portugueses são masoquistas para irem à "tortura" das urgências em Portugal?
Ou eles querem moderar o acesso das urgências hospitalares aos sem-abrigo que por lá tentam dormir em segurança? Os mendigos pagam nas urgências?
O ministro ainda acrescentou que esse aumento da taxa moderadora não é para financiar o sistema de saúde. Então é para financiar o quê?... o sistema de doença, para nos obrigar a fazer seguros de saúde?
Nós, os que não temos dinheiro quase para comer, não temos dinheiro nem para medicamentos.

De início eu não tinha médico de família. Depois atribuíram-me um. Ok.
Só que durante quatro (4) anos ele só deu consulta uma tarde por mês. UMA TARDE POR MÊS!!!
Só se conseguia consulta de madrugada no dia 1 de cada mês. Nunca o conheci. Agora ele resolveu trabalhar mais uns dias. Finalmente fui lá conhecê-lo porque estava doente. Como os médicos vão passar a ser pagos por cada doente que vêem, ele disse-me logo de entrada com ar ameaçador: "Só tenho 1/2 hora para a consulta. Depois não vá daqui a dizer que eu só lhe vi uma unha encravada!" Foi o 2 em 1: Olá e vai-te embora...
Não sou de desistir. Voltei com o meu anel de brasão. Ele "filou" logo de entrada o anel. Nesse dia tive tratamento 5 estrelas. Perguntou-me quem era a minha família e blá.. blá... Até me fez uma massagem nos ombros porque eu estava tensa, disse ele. E viva a nobreza...
Isto é vocação de médico? Ou é o critério absurdo da média elevada de mona, exigida pelo governo português, para entrar na faculdade de medicina?
No conselho onde resido ninguém, NINGUÉM faz os exames clínicos (que ele requisitou) pelo Sistema Normal de Saúde. O meu sistema e o de milhões de portugueses.
Os papéis inúteis dos referidos exames clínicos ficaram amarelos cá em casa. Eu melhorei porque fui tratada pela caridade de alguém.

Os donos da globalização são sádicos para gozarem com a miséria dos povos?
Quase todos os países da Europa já admitiram que têm o vírus da gripe das aves, após aparecerem algumas poucas aves mortas por lá. Aqui, de início, um responsável da saúde pública (não me lembro qual) disse que a doença não chegava cá porque as aves migratórias não passavam na nossa rota. Comecei a ficar perplexa nesse dia.
Agora, já aparecerem centenas de aves mortas, em vários pontos do país, e o resultado das análises aos animais é confidencial, porque não é divulgado. Tipo: se apanhares gripe das aves é melhor nem teres dinheiro para pagar a taxazinha moderadora para vires à urgência não vás morrer no hospital, que os nossos hospitais já estão tão contaminados com outros "bichitos" que não precisamos desse vírus... morre longe e sem saberes de quê, que é melhor pra todos.

Veio cá o Bill Gates dar uns "trocos" ao país. Pra formação informática, disseram eles. Teve um sistema de segurança que nunca ninguém viu por cá. Desataram alguns a escrever:
humilhámo-nos ao Gates. Ele foi recebido com honras de estado porquê?...blá...blá...
eles a escrever nos jornais pra ganhar dinheirito pra dar de comer aos filhos... claro. Só dizem o que lhes deixam dizer (ou escrever) nos meios de informação. E nós a levar com areia pró olhos. Desinformação... a deles. Peneira ocular... a nossa.
O dito cujo parece que comprou o Vaticano, dizem... não sei quem. Mais do que chefe de estado ele será o dono da igreja católica. Como também consta (não sei aonde) que ele pagou em acções da empresa, isso faz da igreja o 2º maior accionista da Microsoft... dizem por aí...
Esta teoria encaixa muitas peças do puzzle da globalização. A ser assim, lógico que o homem tem direito a vassalagem por cá.
Atente-se que há uns meses o governo anunciou que ia criar o cartão único: BI, nº fiscal, nº SS, ficha de saúde, etc... tudo de toda a gente, globalmente informatizado. Depois viram que não tinham dinheiro e disseram que afinal eram só 2 cartões em um.
Para que será exactamente que é o dinheiro que o Bill Gates deu a Portugal? Pra essa base de dados? Globalização da informatização do Portugal católico? Controlo global do poder papal ou temporal? Onde acaba um poder e começa o outro? Quem controla o quê? Quem manda em quem? Quem governa quem? O dinheiro está nas mãos de quem?

Há 3 anos que estou à espera que o tribunal me pague uma pensão de alimentos. Leram bem. PENSÃO DE ALIMENTOS! Não é exactamente uma dívida dum negóciozito qualquer. É dinheiro para comer. Os advogados pedem-me dinheiro, os solicitadores executivos do tribunal pedem-me dinheiro. São todos só a pedir dinheiro. Eu não tenho para lhes pagar. O meu dinheiro está lá. Todo! Inteirinho na conta bancária de alguém. E vou esperar mais um ano, pelo menos. Não sei como é que vou conseguir comer. Mas sei que não posso adoecer. E se isso acontecer? Suicido alguém?
Confusa, eu? Ah, pois estou! Mas estúpida não sou!

Junte-se a isto o facto de que, no espaço de 1 ano, fui vítima duas vezes de censura na Internet.
Tenho que pensar duas vezes no que escrevo, estou cortada na minha criatividade. Fiquei com ansiedade. Custa-me a respirar.
O meu portuguesismo está a tornar-se letal.
Saúde? Ensino? Justiça? Democracia? Aqui? É a P... Q... os P...!!!!
Há uns anos eu pensava que tinha havido aqui uma revolução pró-democracia. Agora descubro que há nítidas diferenças entre a democracia e a realidade.
Os portugueses espertos já emigraram. Os lentos estão a pensar se emigram ou não. Os de cabeça comprometida permanecem cá e lá, a fazer o regresso a uma ditadura camuflada.

Já respiro melhor desde que parei para escrever isto.
Raciocinar faz bem. Começamos a perceber a armadilha em que estamos. Visualizamos saídas.
Saí do estado de choque inicial em que comecei a escrever.

Pela minha idade, carência de liquidez e falta de saúde, que se lixe quem tiver ataques de histeria com esta crónica.
Que os meus inimigos tenham saúde e eu idem...
---------------
Sara Rafael
7 Março 2006
Lisboa - Portugal

publicado por LauraBM às 18:32

"O Congresso Nacional é um local que:
se gradear vira zoológico,
se murar vira presídio,
se colocar uma lona em cima vira circo,
se colocar lanternas vermelhas vira prostíbulo
e se der descarga não sobra ninguém."

======================

Frase do Dia, do Mês, do Ano e do Século

“Portugal é hoje um paraíso criminal onde alguns inocentes imbecis se levantam para ir trabalhar, recebendo por isso dinheiro que depois lhes é roubado pelos criminosos e ajuda a pagar ordenados aos iluminados que bolçam certas leis.”


===================================

"Ponha-se na presidência qualquer medíocre, louco ou semi-analfabeto, e vinte e quatro horas depois a horda de aduladores estará à sua volta, brandindo o elogio como arma, convencendo-o de que é um gênio político e um grande homem, e de que tudo o que faz está certo.
Em pouco tempo transforma-se um ignorante em um sábio, um louco em um gênio equilibrado, um primário em um estadista.
E um homem nessa posição, empunhando as rédeas de um poder praticamente sem limites, embriagado pela bajulação, transforma-se num monstro perigoso".

-------------------------------------------

General Olímpio Mourão Filho
(in A Verdade de um Revolucionário de 1978)



ESSA FRASE DEVE CONTINUAR CIRCULANDO....

Frase da filósofa russo-americana Ayn Rand (fugitiva da revolução russa, que chegou aos Estados Unidos na metade da década de 1920), mostrando uma visão com conhecimento de causa:


“Quando você perceber que, para produzir, precisa obter a autorização de quem não produz nada; quando comprovar que o dinheiro flui para quem negocia não com bens, mas com favores; quando perceber que muitos ficam ricos pelo suborno e por influência, mais que pelo trabalho, e que as leis não nos protegem deles, mas, pelo contrário, são eles que estão protegidos de você; quando perceber que a corrupção é recompensada, e a honestidade se converte em auto-sacrifício; então poderá afirmar, sem temor de errar, que a sua sociedade está condenada”.


Qualquer semelhança com o Brasil e o Portugal de hoje, não é mera coincidência...


"Um povo imbecilizado e resignado, humilde e macambúzio, fatalista e sonâmbulo, burro de carga, besta de nora, sacos de vergonhas, feixes de misérias, sem uma rebelião, um mostrar de dentes, a energia dum coice, pois que nem já com as orelhas é capaz de sacudir as moscas...”

--------------------------------------------

Guerra Junqueiro, in "Pátria", escrito em 1896

O problema de Portugal é que quem elege os governantes
não é o pessoal que lê o jornal, mas quem limpa o traseiro com ele!


Para que serve a política?

*Funcionamento do blog:
Clique sobre cada TAG e veja os arquivos do tema.
*Antiguidades óptimas
*A sair do forno
Um povo imbecilizado, uma classe política corrupta...
Eu não ligo muitos aos conceitos 'Direita' e 'Esqu...
Por favor, ajude-me a trazer esta petição para a a...
EU NÃO ME ENQUADRO NESSE ...
Nem sei que responda a um caso tão dramático.A rea...
A TRÍADE SALOIA Casino Estoril Sol IIINo caso da ...
as Eleições em Portugal a Comissão Nacional de Ele...
Em relação aos sistemas económicos, muito se tem f...
Se com uma pensão inteira já é quase impossível ...
Isso é governar, não é comprar votos como fazem L...