Olhando pra Lisboa, ali tão perto ............... lá no alto, de cabelos ao vento................................ o Cristo-Rei foi pregar para o deserto ..................... e deixou os camelos em... «Belém»!

=========================================

FRASES INTEMPORAIS APLICADAS À POLÍTICA

1 - O cigarro adverte:

"o governo faz mal à saúde!"

2 - Não roube,

“o governo detesta concorrência.”

3 - Errar é humano.

“Culpar outra pessoa é política.”
4 - Autarcas portugueses
"São os mais católicos do mundo. Não assinam nada sem levar um terço.

5 - Se bem que…

"o salário mínimo deveria chamar-se gorjeta máxima".

6 - Feliz foi Ali-Babá que:
"não viveu em Portugal e só conheceu 40 ladrões!!!..."

7 - Não deixe de assistir

"ao horário político na TV:

Talvez seja a única oportunidade de ver políticos portugueses em "cadeia nacional".

8 – O maior castigo

"para quem não se interessa por política é que será governado pelos que se interessam."

9 - Os políticos
"são como as fraldas... Devem ser trocados com frequência, e sempre pelo mesmo motivo...

10 - Os líderes

"das últimas três décadas ou sucedem a si próprios ou então criam clones dos seus tiques."

11 - Os partidos
"
tomaram conta do Estado e puseram o Estado ao seu serviço."

12 - A frase do dia é de Alberto João Jardim:
- O que penso sobre o aborto?!...

- Considero-o um péssimo Primeiro-ministro e está a governar muito mal o País.

13 - Notícia de última hora!!!

- “Fiscais da ASAE, (brigada de inspecção da higiene alimentar), acabam de encerrar a Assembleia da República.“
Motivo: Comiam todos no mesmo tacho!

14 – Bom para Portugal!!!!!

"Sou totalmente a favor do casamento gay entre os políticos.

Tudo que possa contribuir para que eles não se reproduzam é bom para o país..."

15 - Candidatos:

"Antigamente os cartazes nas ruas, com rostos de criminosos, ofereciam recompensas;
hoje em dia, pedem votos".

16 - País desenvolvido:

"não é onde o pobre tem carro, é onde os políticos usam transporte público".

17 - Austeridade é quando

"o Estado nos tira dinheiro para pagar as suas contas até deixarmos de ter dinheiro para pagar as nossas".

18 - O governo esclare:

"Os cortes aos reformados só se aplicam a quem tiver 2 pensões. Quem tiver 2 hotéis ou 2 residenciais está safo".

19 - A força do Fisco:

"O estado arranca-me tudo à força e depois diz que sou contribuinte".

20 - País desenvolvido

não é onde o pobre tem carro, é onde os políticos, usam transporte público.

21 - Austeridade é quando

o Estado nos tira dinheiro para pagar as suas contas até nós deixarmos de ter dinheiro para pagar as nossas.

===================================================

04
Ago 04

mulherrosto_SantanaLopes.gif Repassando a vergonha da saída de Durão Barroso (que assim se safa dos desaires – aliás, todos se safam, né?)...................
E a vergonha da entrada de Pedro Santana Lopes (mais uma vez sem eleições... lá está ele!)
Mas o homem tem uma sorte demoníaca.............
e nós um azar dos Diabos!
Este artigo vai também para o meu Blog dos Animais http://laurabmartins.blogs.sapo.pt/  que ficará lá muito bem.
Ora pois!!!!!!!!!!!!!!! Infelizmente!!!!!!!!!!!!
----------------------
22/07/2004
Laura B. Martins

Associação Animal www.animal.org.pt  - ANIMAL em Estado de Alerta

Santana Lopes, ou O Retrocesso Desastroso para os Animais

Por Artur de Aguirre y Mendes, Presidente da ANIMAL - artur.mendes@animal.org.pt

São muito poucas as vezes que escrevo este tipo de textos, pois entendo que tenho sido superiormente representado pelo Miguel Moutinho, com quem tenho partilhado a 100% as suas opiniões e comunicações.

No entanto, considero este um momento no qual não só necessito de partilhar algumas reflexões com todas as pessoas que se preocupam com os animais, como quero também "gritar" em protesto, fazendo com que a minha voz se ouça também quase em tom de desabafo.

Quero, antes de mais, deixar claro que não tenho qualquer cor política. A minha mais profunda e sincera convicção é que, mais do que filiação política, tenho, isso sim, a capacidade de formar a minha própria opinião acerca das diversas questões e propostas políticas. É assim que julgo que o país seria muito melhor governado se juntássemos certos elementos e orientações do PSD a certos elementos e orientações do PS, combinando com diversas virtudes de certas pessoas do BE, para que, no conjunto, pudéssemos ter uma política séria e de convicção. Não tenho dúvidas de que, fosse esta aliança conseguida, e tudo certamente funcionaria melhor.

As minhas origens são, no entanto, bastante mais simples: acreditava num PSD de Sá Carneiro – num período muito diferente, porque mais difícil, da vida em Portugal. Acreditava numa democracia social em que o aumento do bem-estar seria compatível com o respeito pelo próximo e foi em nome deste ideal que convivi com a Juventude Social-Democrata nas instalações da Guerra Junqueiro, no Porto.

Fui a manifestações (!) devidamente e bem acompanhado pela minha amiga "Lady", uma cadela tipo pastor alemão, que participou comigo em manifestações muito conturbadas, tendo nalgumas chegado até a rebentarem bombas na Avenida dos Aliados. Tive extensos e profundos diálogos com o meu grande amigo, infelizmente falecido, Dr. Fernando Brochado Coelho, líder, a seu tempo, do PSD no Porto. Apesar de tudo isto, nunca consegui "comprar" definitivamente uma cor política. De facto, o meu envolvimento na política nunca foi de grande amplitude – talvez a que seria necessária. Porém, quando nos sentimos a levar uma bofetada e essa bofetada é demasiado grande, nós instintivamente gritamos! É o que agora faço.

O que está a acontecer neste momento em Portugal, com Pedro Santana Lopes na condução dos destinos de Portugal, é, pelo conhecimento que tenho, algo que nos deve levar a, embora sem entrar em pânico, ficarmos verdadeiramente alerta e começar a ganhar consciência do que esta personagem representa para todos os animais deste país.

Quem é, então, Pedro Santana Lopes?

Na minha opinião, é a antítese do que eu sempre reconheci como muitos e significativos méritos de alguns dos pensadores do PSD e da sua escola ideológica. E, uma vez que tenho dado uma importante fatia do meu suor e do meu coração aos animais, vou concentrar-me nesta questão, designadamente no respeito pelos seus direitos, e, neste contexto, voltar a colocar a questão:

Do ponto de vista da defesa dos animais, quem é, então, Pedro Santana Lopes?

Pedro Santana Lopes é inquestionavelmente o pior e mais perigoso inimigo dos animais em Portugal. Se esta afirmação parece muito forte e porventura irrazoável, veja-se:

1. Enquanto Secretário de Estado da Cultura do Governo do Prof. Cavaco Silva, Pedro Santana Lopes tentou permitir e introduzir (contra o que a lei estabelecia) a Sorte de Varas nas corridas de touros em Portugal. O que é a Sorte de Varas? Semelhante à Tenta de Touros (que ultimamente se tem tentado introduzir em Portugal), a Sorte de Varasé das mais cruéis práticas tauromáquicas, pertencendo à pior tradição da tauromaquia espanhola, sendo de uma violência tal, que, justamente por esta razão, passou a ser uma prática proibida em Portugal nos anos 20. Consiste em picar o animal, sangrando-o, com uma extensa vara com um ferro comprido, que é empunhada pelo picador, que, de cima de um cavalo, espeta e pressiona a vara contra o dorso do touro durante longos minutos, causando-lhe perdas de sangue a jorros, quebra de força e elevadas febres. É um acto extremamente doloroso para os touros e muito perigoso para os cavalos, que, expostos, ficam muitas vezes gravemente feridos, chegando por vezes a morrer.

2. Em Portugal, a morte dos touros na arena foi proibida em 1928 por ser então considerado um espectáculo "bárbaro e impróprio de nações civilizadas", segundo o texto de introdução à lei de 1928. Hoje em dia, se exceptuarmos Barrancos, onde as touradas de morte foram legalizadas pelo governo PSD – em cujo Conselho Nacional Santana Lopes tem maioria –, a morte dos touros não costuma acontecer. No entanto, o “herói” Pedrito de Portugal, famoso matador de touros que quase não encontra trabalho em Espanha (é uma realidade!), decidiu um dia, sob extrema excitação, pegar numa espada e matar um touro em Portugal! A pressão foi grande, pois, além deste ser um acto ilegal, a maioria dos Portugueses não gosta de touradas e menos ainda de touradas de morte, e, provavelmente, também não gosta de “heróis” que desprezam a lei e matam um animal inocente numa alegada excitação momentânea. O cadáver seguiu o seu percurso e o “herói” Pedrito foi a tribunal. No rol de testemunhas com o objectivo de "safar" o amigo Pedrito, quem estaria em primeiro lugar?... É verdade: Pedro Santana Lopes... Que, aliás, voltou a estar também na primeira fila do público na corrida de touros onde o mesmo Pedrito ameaçou matar novamente o touro, depois de ter sido condenado pelo Tribunal da Moita a pagar 20.000 contos de multa. Nessa situação, como havia muito dinheiro em causa, Pedrito de Portugal decidiu não matar o touro, embora tivesse antes dito que o faria. E isto aconteceu com o declarado apoio e solidariedade de Pedro Santana Lopes.

3. Qual é a actividade de lazer em Portugal na qual se matam mais de 100.000 animais por ano? É o Tiro aos Pombos! Nos últimos oito anos, a ANIMAL moveu dezenas de processos judiciais contra esta prática, tendo conseguido muitas vitórias que impediram a realização de várias provas de tiro aos pombos por todo o país. E quem temos encontrado sempre (!) a liderar a persistente defesa do tiro aos pombos? Quem temos encontrado sempre nos tribunais, a insultar-nos e a avançar com diversos processos contra o nosso advogado (que é, aliás, brilhante)? Henrique Chaves, advogado da Federação Portuguesa de Tiro com Armas de Caça e de todos os Clubes de Tiro do país, principal defensor jurídico e político do tiro aos pombos, primeiro subscritor da legalização das touradas de morte em Barrancos, que, não por acaso, é o braço direito de Pedro Santana Lopes, tendo sido até aqui um destacado deputado do PSD da ala “Santanista” no Parlamento, tendo agora sido recompensado pelo amigo Santana Lopes, sendo nomeado Ministro-Adjunto do Primeiro-Ministro do actual governo.

Este advogado, num processo onde foi recentemente derrotado, disse bem alto à juíza do processo, em plena sessão de julgamento, que “ainda ia ser Ministro da Justiça e que aí tratava de resolver isto tudo!”. "Isto tudo" significa manter a prática de tiro aos pombos, legalizando-a, por forma a permitir a morte de mais de 100.000 pombos indefesos, que, simbolicamente, e segundo o que sei, são os animais que tradicionalmente representam a paz... Hoje podemos anunciar que este senhor tem um lugar de destaque e forte influência no governo do qual é ministro. Para além do visceral ódio que ele tem assumido directamente contra os defensores dos animais, estamos à espera – e sempre preparados – para enfrentar os prometidos ataques directos a nós, membros da Direcção da ANIMAL.

Ainda a propósito do tiro aos pombos, estive uma vez numa reunião com o PSD quando o seu Presidente era ainda o Prof. Marcelo Rebelo de Sousa. Recebeu-nos a nós, enquanto defensores dos direitos dos animais, e fez-se acompanhar de um especialista em tiro aos pombos. Este especialista tem vindo a ser sistematicamente testemunha da Federação Portuguesa de Tiro com Armas de Caça nos processos da ANIMALpara impedir provas de tiro aos pombos, é muito próximo de Pedro Santana Lopes e de Henrique Chaves e chegou até a ser apontado há dias para Ministro da Agricultura! Chama-se Salter Cid e é o terror de qualquer animal neste país.

4. De resto, quem quer (e já está a tratar disso) instalar um hipódromo para as nada tradicionais corridas a cavalo com apostas no principal pulmão de Lisboa, Monsanto? Se antes planeava fazê-lo utilizando para isso os poderes que tinha enquanto Presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Pedro Santana Lopes, agora, como Primeiro-Ministro, estará em melhores condições de realizar este seu escandaloso projecto, quando deveria deixar tanto os cavalos como as árvores de Monsanto em paz...

Serão necessários mais exemplos? Será de crer que não vão tentar legalizar o tiro aos pombos, sendo que alguns dos seus principais promotores são ministros, com o directo, activo e alto patrocínio do Primeiro Ministro? Eu acho que a consciência de Pedro Santana Lopes deve ser um autêntico pesadelo. Só que não a ouvirá, certamente... Tal como quero sempre acreditar que o mesmo poderá ser dito das pessoas que prejudicaram brutalmente a humanidade. Definitivamente, Pedro Santana Lopes representa muito do que a mim mais me repugna, e que gostaria que os meus filhos não conhecessem sequer.

Estes vão ser tempos muito duros. Não para nós, que nos limitamos a fazer esforços para que haja maior respeito para com os animais, mas vão, isso sim, ser tempos muito duros para todos os animais que sofrerão inquestionavelmente com a passagem pelo poder de pessoas com estes perfis, secundadas pelas suas hostis e letais tropas. Espero apenas que o sangue derramado permita a muita gente concluir que pessoas com este perfil podem provocar muita dor e sofrimento sem qualquer tipo de piedade.

Pela minha parte, peço a todos que apoiem os animais, dado que eles não o podem fazer. Cada minuto investido numa carta, num e-mail ou numa acção de protesto é um esforço importante mas perfeitamente razoável, tendo em conta o sacrifício dos animais que sofrem e perdem a vida nas actividades que denunciamos e condenamos. Este é o caso das pombas da paz mortas uma a uma pelos tiros patrocinados pelo Primeiro-Ministro Pedro Santana Lopes.

Vamos, no entanto, criar um verdadeiro movimento de resistência! Vamos resistir aos tiros e ao sangue, até que este Governo desapareça e os animais voltem a ter períodos que, mesmo que não sejam de imediata e rápida evolução quanto ao respeito que lhes é devido, seja pelo menos de ausência da mais brutal hostilidade e do mais violento retrocesso, aquele que infelizmente se prevê.

E permito-me propor já um ponto de encontro: em Outubro, encontremo-nos TODOS no Campo Pequeno, na inauguração da recuperada Praça de Touros do Campo Pequeno (única em Lisboa)... Pedro Santana Lopes estará lá para liderar a inauguração...
e nós estaremos lá para fazer ouvir o nosso maior e mais forte protesto contra a sua política de agressão de animais e contra esta vergonhosa inauguração...

Por último, faço um voto. Oxalá esta tempestade passe depressa e que os danos sejam controláveis, também para o bem do PSD, do país e da democracia portuguesa. Mas, no que diz respeito à ANIMAL, fundamentalmente para bem dos nossos animais...

Finalmente, obrigado Dr. Durão Barroso, pela situação em que nos deixou...
Não é assim que se beneficia Portugal...
==========================

Torne-se sócia/o da ANIMAL e apoie a organização na defesa dos direitos dos animais. Inscreva-se através de socios@animal.org.pt.
Junte-se ao Grupo de Activismo da ANIMAL. Inscreva-se enviando um e-mail em branco para activismo_animal-subscribe@yahoogroups.com.
Troque ideias e informações sobre os direitos dos animais conversando connosco através do MSN Messenger: miguelmoutinho@hotmail.com.
Para mais informações, por favor contacte a ANIMAL através do e-mail info@animal.org.pt ou visite o site www.animal.org.pt.
Se não quiser receber mais a Newsletter da ANIMAL, por favor envie um e-mail com a inscrição "Sair" para info@animal.org.pt

publicado por LauraBM às 14:15

Tem razão no que se refere à ponte caída em Entre-os-Rios. Num país onde tudo está mal e a política é um desastre, mercê dos desastrosos políticos que elegemos, (ou somos forçados a engolir), os portugueses estão de tanga.
E tudo isso tem a ver com a ideia instalada de que somos um país evoluído quando, afinal, não passamos de um país do terceio mundo, onde os animais não dispõe de direitos nem de quem os defenda da maldade humana. Nunca ouviu dizer: «Cada macaco no seu galho»?
Pois, cada coisa tem o seu lugar e cada assunto a sua gestão.
Cumprimentos
Laura B. Martins
Laura B. Martins a 26 de Agosto de 2004 às 13:10

O tempo que perdem com essas "bacuradas" contra as touradas.....por isto ou por aquilo, primeiro tentem compreender o que é uma tourada e depois antes de andarem a protestar à porta das pracas de toiros é melhor que lutem contra à fome e a favor dos direitos humanos, e já agora, que raio de justica dá mais valor ao toiro que o predito matou, que a multa é de 20 mil contos, em vez de indeminizar as familias vitimas de entre os rios que receberam 5 mil contos e muitos ainda nao estao pagos....., ou seja um touro vale mais que uma vida humana.
Luis a 7 de Agosto de 2004 às 14:26

"O Congresso Nacional é um local que:
se gradear vira zoológico,
se murar vira presídio,
se colocar uma lona em cima vira circo,
se colocar lanternas vermelhas vira prostíbulo
e se der descarga não sobra ninguém."

======================

Frase do Dia, do Mês, do Ano e do Século

“Portugal é hoje um paraíso criminal onde alguns inocentes imbecis se levantam para ir trabalhar, recebendo por isso dinheiro que depois lhes é roubado pelos criminosos e ajuda a pagar ordenados aos iluminados que bolçam certas leis.”


===================================

"Ponha-se na presidência qualquer medíocre, louco ou semi-analfabeto, e vinte e quatro horas depois a horda de aduladores estará à sua volta, brandindo o elogio como arma, convencendo-o de que é um gênio político e um grande homem, e de que tudo o que faz está certo.
Em pouco tempo transforma-se um ignorante em um sábio, um louco em um gênio equilibrado, um primário em um estadista.
E um homem nessa posição, empunhando as rédeas de um poder praticamente sem limites, embriagado pela bajulação, transforma-se num monstro perigoso".

-------------------------------------------

General Olímpio Mourão Filho
(in A Verdade de um Revolucionário de 1978)



ESSA FRASE DEVE CONTINUAR CIRCULANDO....

Frase da filósofa russo-americana Ayn Rand (fugitiva da revolução russa, que chegou aos Estados Unidos na metade da década de 1920), mostrando uma visão com conhecimento de causa:


“Quando você perceber que, para produzir, precisa obter a autorização de quem não produz nada; quando comprovar que o dinheiro flui para quem negocia não com bens, mas com favores; quando perceber que muitos ficam ricos pelo suborno e por influência, mais que pelo trabalho, e que as leis não nos protegem deles, mas, pelo contrário, são eles que estão protegidos de você; quando perceber que a corrupção é recompensada, e a honestidade se converte em auto-sacrifício; então poderá afirmar, sem temor de errar, que a sua sociedade está condenada”.


Qualquer semelhança com o Brasil e o Portugal de hoje, não é mera coincidência...


"Um povo imbecilizado e resignado, humilde e macambúzio, fatalista e sonâmbulo, burro de carga, besta de nora, sacos de vergonhas, feixes de misérias, sem uma rebelião, um mostrar de dentes, a energia dum coice, pois que nem já com as orelhas é capaz de sacudir as moscas...”

--------------------------------------------

Guerra Junqueiro, in "Pátria", escrito em 1896

O problema de Portugal é que quem elege os governantes
não é o pessoal que lê o jornal, mas quem limpa o traseiro com ele!


Para que serve a política?

*Funcionamento do blog:
Clique sobre cada TAG e veja os arquivos do tema.
*Antiguidades óptimas
*A sair do forno
Um povo imbecilizado, uma classe política corrupta...
Eu não ligo muitos aos conceitos 'Direita' e 'Esqu...
Por favor, ajude-me a trazer esta petição para a a...
EU NÃO ME ENQUADRO NESSE ...
Nem sei que responda a um caso tão dramático.A rea...
A TRÍADE SALOIA Casino Estoril Sol IIINo caso da ...
as Eleições em Portugal a Comissão Nacional de Ele...
Em relação aos sistemas económicos, muito se tem f...
Se com uma pensão inteira já é quase impossível ...
Isso é governar, não é comprar votos como fazem L...