Olhando pra Lisboa, ali tão perto ............... lá no alto, de cabelos ao vento................................ o Cristo-Rei foi pregar para o deserto ..................... e deixou os camelos em... «Belém»!

=========================================

FRASES INTEMPORAIS APLICADAS À POLÍTICA

1 - O cigarro adverte:

"o governo faz mal à saúde!"

2 - Não roube,

“o governo detesta concorrência.”

3 - Errar é humano.

“Culpar outra pessoa é política.”
4 - Autarcas portugueses
"São os mais católicos do mundo. Não assinam nada sem levar um terço.

5 - Se bem que…

"o salário mínimo deveria chamar-se gorjeta máxima".

6 - Feliz foi Ali-Babá que:
"não viveu em Portugal e só conheceu 40 ladrões!!!..."

7 - Não deixe de assistir

"ao horário político na TV:

Talvez seja a única oportunidade de ver políticos portugueses em "cadeia nacional".

8 – O maior castigo

"para quem não se interessa por política é que será governado pelos que se interessam."

9 - Os políticos
"são como as fraldas... Devem ser trocados com frequência, e sempre pelo mesmo motivo...

10 - Os líderes

"das últimas três décadas ou sucedem a si próprios ou então criam clones dos seus tiques."

11 - Os partidos
"
tomaram conta do Estado e puseram o Estado ao seu serviço."

12 - A frase do dia é de Alberto João Jardim:
- O que penso sobre o aborto?!...

- Considero-o um péssimo Primeiro-ministro e está a governar muito mal o País.

13 - Notícia de última hora!!!

- “Fiscais da ASAE, (brigada de inspecção da higiene alimentar), acabam de encerrar a Assembleia da República.“
Motivo: Comiam todos no mesmo tacho!

14 – Bom para Portugal!!!!!

"Sou totalmente a favor do casamento gay entre os políticos.

Tudo que possa contribuir para que eles não se reproduzam é bom para o país..."

15 - Candidatos:

"Antigamente os cartazes nas ruas, com rostos de criminosos, ofereciam recompensas;
hoje em dia, pedem votos".

16 - País desenvolvido:

"não é onde o pobre tem carro, é onde os políticos usam transporte público".

17 - Austeridade é quando

"o Estado nos tira dinheiro para pagar as suas contas até deixarmos de ter dinheiro para pagar as nossas".

18 - O governo esclare:

"Os cortes aos reformados só se aplicam a quem tiver 2 pensões. Quem tiver 2 hotéis ou 2 residenciais está safo".

19 - A força do Fisco:

"O estado arranca-me tudo à força e depois diz que sou contribuinte".

20 - País desenvolvido

não é onde o pobre tem carro, é onde os políticos, usam transporte público.

21 - Austeridade é quando

o Estado nos tira dinheiro para pagar as suas contas até nós deixarmos de ter dinheiro para pagar as nossas.

===================================================

10
Jan 11

Quem sabe se este artigo não deveria ser entregue a Assembleia da República e subsidiada a ideia?

Ora pois…  talvez os encalhados encontrassem par  e se resolvesse assim a crise dos nascimentos.

Como já casavam tarde, era um ver se te avias. hihihihihi

--------------

Laura B. Martins

 

Pois é, namoradeiros, casados e afins, eis que chega mais um dia de S.Valentim! Os presentes, os telefonemas, os jantares, a ansiedade pelo encontro com a cara-metade, a publicidade alusiva e todo o folclore inerente, são características típicas deste dia tão especial. Os que estão bem, por assim dizer, regozijam-se em pleno com todos estes deleites e compadecem-se com o sentimento da coisa. Os que, por outro lado, estão zangados ou fartos do parceiro, são compelidos ou, a entrar no “esquema”, ou, a ser altamente prejudicados face a uma indiferença tácita, isto é, deixar passar o dia sem uma única manifestação de galanteio.
Mas todos estão, com mais ou menos euforia, à espera do dia para alguma coisa. Nem que seja para o jantarzinho à luz de velas, trivializado por tantos romances e novelas que vimos ou lemos. Ora bem…quando digo todos, estou-me a esquecer de uma classe muito importante, que não está incluída neste rol de aduladores do S.Valentim: os ENCALHADOS! Ups, não foi por querer…mas já que veio à baila, aqui fica uma pequena dissertação abonatória desses pobres infelizes (ou felizes) que não são convidados deste santo malandreco e faccioso que é o S.Valentim.
O que raio há-de fazer o rapaz nesse dia, senão tem a quem telefonar, a quem oferecer uma prenda, a quem cortejar e cobrir de beijos? Que faz a rapariga se não tem quem a convide para jantar, quem lhe ofereça bombons e quem lhe diga coisas bonitas ao ouvido e a beije no pescoço? Que é suposto pensar a um Encalhado, quando é bombardeado pela publicidade, da TV e revistas, alusiva ao maldito dia? Com quem vai ele(a) almoçar? Com quem vai jantar? E se for a um restaurante à noite e a seguir beber um copo ao bar, tem de levar com a paisagem romântica dos casalinhos apaixonados em pleno desfrute?
Não meus amigos, eu digo, não! É hora, para o efeito, de anunciar uma ideia de génio que me acometeu faz 5 minutos: Devia haver o Dia dos Encalhados! Esperem, não agradeçam já. Dava-se ao dito o nome de um santo qualquer, sei lá, assim tipo Santo Aníbal, S. Manel António, uma coisa do género. Depois era ver os encalhados, em jeito de baile de Sto António, a desfilarem pelas ruas, impunes do pudor que os atormentava no dia de S.Valentim, e a proliferarem nos restaurantes, parques da cidade, bares e discotecas, com um orgulho saudosista e emblemático de ser um encalhado! A música romântica seria proibida em locais públicos e nas discotecas, onde, ao contrário do habitual, não poderiam entrar casais, pois a prioridade seria dada àqueles grupos de 3 ou 5 (ou 10) que costumam pousar à porta, à espera que o porteiro tenha um ataque de caridade ou que aconteça um milagre tipo o das rosas, mas em vez da santa Isabel tirar rosas do vestido, tiravas miúdas boas comó milho, já enfeitadas, para entrar com o seu querido acompanhante.
Assim, despeço-me com uma salva especial para os encalhados, e com os votos de que esta ideia possa avançar, de modo a que se equilibre de uma vez por todas essa preferência da sociedade pelos casais. E chega de ver, a toda a hora no dia 14 de Fevereiro, encalhados a sair de maca do bares e discotecas, por não terem aguentado mais uma do Michael Bolton.

Beijos e abraços

Bitó

-------------------------------

http://corneto.blogs.sapo.pt/

 

Comentário: Pois que Deus proteja a escrita deste n/bloguista português porque, ao contrário de tantos outros blogs que a gente abre e fecha a correr, (com receio de ficar contagiado por tanta baboseira imprópria para estar à vista do público), ele tem um humor simples, agradável e próprio de quem é educado; portanto, não necessita de palavrões para ter graça tipo Hermann José e programas do «Levanta-te e ri» com que somos presenteados pela n/TV.

Ups!!!!! Desculpem que esta saiu sem querer! Ah, língua viperina!!!!!!!!!!

-----------------------

Laura B. Martins

publicado por LauraBM às 23:44

"O Congresso Nacional é um local que:
se gradear vira zoológico,
se murar vira presídio,
se colocar uma lona em cima vira circo,
se colocar lanternas vermelhas vira prostíbulo
e se der descarga não sobra ninguém."

======================

Frase do Dia, do Mês, do Ano e do Século

“Portugal é hoje um paraíso criminal onde alguns inocentes imbecis se levantam para ir trabalhar, recebendo por isso dinheiro que depois lhes é roubado pelos criminosos e ajuda a pagar ordenados aos iluminados que bolçam certas leis.”


===================================

"Ponha-se na presidência qualquer medíocre, louco ou semi-analfabeto, e vinte e quatro horas depois a horda de aduladores estará à sua volta, brandindo o elogio como arma, convencendo-o de que é um gênio político e um grande homem, e de que tudo o que faz está certo.
Em pouco tempo transforma-se um ignorante em um sábio, um louco em um gênio equilibrado, um primário em um estadista.
E um homem nessa posição, empunhando as rédeas de um poder praticamente sem limites, embriagado pela bajulação, transforma-se num monstro perigoso".

-------------------------------------------

General Olímpio Mourão Filho
(in A Verdade de um Revolucionário de 1978)



ESSA FRASE DEVE CONTINUAR CIRCULANDO....

Frase da filósofa russo-americana Ayn Rand (fugitiva da revolução russa, que chegou aos Estados Unidos na metade da década de 1920), mostrando uma visão com conhecimento de causa:


“Quando você perceber que, para produzir, precisa obter a autorização de quem não produz nada; quando comprovar que o dinheiro flui para quem negocia não com bens, mas com favores; quando perceber que muitos ficam ricos pelo suborno e por influência, mais que pelo trabalho, e que as leis não nos protegem deles, mas, pelo contrário, são eles que estão protegidos de você; quando perceber que a corrupção é recompensada, e a honestidade se converte em auto-sacrifício; então poderá afirmar, sem temor de errar, que a sua sociedade está condenada”.


Qualquer semelhança com o Brasil e o Portugal de hoje, não é mera coincidência...


"Um povo imbecilizado e resignado, humilde e macambúzio, fatalista e sonâmbulo, burro de carga, besta de nora, sacos de vergonhas, feixes de misérias, sem uma rebelião, um mostrar de dentes, a energia dum coice, pois que nem já com as orelhas é capaz de sacudir as moscas...”

--------------------------------------------

Guerra Junqueiro, in "Pátria", escrito em 1896

O problema de Portugal é que quem elege os governantes
não é o pessoal que lê o jornal, mas quem limpa o traseiro com ele!


Para que serve a política?

*Funcionamento do blog:
Clique sobre cada TAG e veja os arquivos do tema.
*Antiguidades óptimas
*A sair do forno
Olá, Você precisa de um empréstimo para pagar s...
Se reencontrar o sorriso é graça à Mm cappellaro q...
Testemunho de um empréstimoEu consegui obter um em...
Testemunho de um empréstimoEu consegui obter um em...
TESTEMUNHOSAs orações são obrigatórias para cada s...
Olá a todos,Eu sou deputada Susan famish, estou es...
Empréstimo e investimento em 48 horas.Eis o meu em...
Testemunho de empréstimo sério e rápido em 24 hora...
Um povo imbecilizado, uma classe política corrupta...
SOLUÇÃO PARA SUAS NECESSIDADES FINANCEIRAS OU de t...