Olhando pra Lisboa, ali tão perto ............... lá no alto, de cabelos ao vento................................ o Cristo-Rei foi pregar para o deserto ..................... e deixou os camelos em... «Belém»!

=========================================

FRASES INTEMPORAIS APLICADAS À POLÍTICA

1 - O cigarro adverte:

"o governo faz mal à saúde!"

2 - Não roube,

“o governo detesta concorrência.”

3 - Errar é humano.

“Culpar outra pessoa é política.”
4 - Autarcas portugueses
"São os mais católicos do mundo. Não assinam nada sem levar um terço.

5 - Se bem que…

"o salário mínimo deveria chamar-se gorjeta máxima".

6 - Feliz foi Ali-Babá que:
"não viveu em Portugal e só conheceu 40 ladrões!!!..."

7 - Não deixe de assistir

"ao horário político na TV:

Talvez seja a única oportunidade de ver políticos portugueses em "cadeia nacional".

8 – O maior castigo

"para quem não se interessa por política é que será governado pelos que se interessam."

9 - Os políticos
"são como as fraldas... Devem ser trocados com frequência, e sempre pelo mesmo motivo...

10 - Os líderes

"das últimas três décadas ou sucedem a si próprios ou então criam clones dos seus tiques."

11 - Os partidos
"
tomaram conta do Estado e puseram o Estado ao seu serviço."

12 - A frase do dia é de Alberto João Jardim:
- O que penso sobre o aborto?!...

- Considero-o um péssimo Primeiro-ministro e está a governar muito mal o País.

13 - Notícia de última hora!!!

- “Fiscais da ASAE, (brigada de inspecção da higiene alimentar), acabam de encerrar a Assembleia da República.“
Motivo: Comiam todos no mesmo tacho!

14 – Bom para Portugal!!!!!

"Sou totalmente a favor do casamento gay entre os políticos.

Tudo que possa contribuir para que eles não se reproduzam é bom para o país..."

15 - Candidatos:

"Antigamente os cartazes nas ruas, com rostos de criminosos, ofereciam recompensas;
hoje em dia, pedem votos".

16 - País desenvolvido:

"não é onde o pobre tem carro, é onde os políticos usam transporte público".

17 - Austeridade é quando

"o Estado nos tira dinheiro para pagar as suas contas até deixarmos de ter dinheiro para pagar as nossas".

18 - O governo esclare:

"Os cortes aos reformados só se aplicam a quem tiver 2 pensões. Quem tiver 2 hotéis ou 2 residenciais está safo".

19 - A força do Fisco:

"O estado arranca-me tudo à força e depois diz que sou contribuinte".

20 - País desenvolvido

não é onde o pobre tem carro, é onde os políticos, usam transporte público.

21 - Austeridade é quando

o Estado nos tira dinheiro para pagar as suas contas até nós deixarmos de ter dinheiro para pagar as nossas.

===================================================

23
Fev 15

O governo português envergonhou os portugueses quando se pôs ao lado da Alemanha, contra a Grécia.

Mas todos nós entendemos o porquê dessas manifestações de desagrado quando deveria simplesmente aliar-se às pretensões gregas; justíssimas, diga-se de passagem.

O governo português receia que a Grécia possa mudar a opinião da Europa sobre a incoerência desta tola austeridade e, com isso, pôr em causa os líderes alemães que tanto bajula.

De tanto prestar vassalagem à Alemanha, de modo algum pretende que as suas políticas falhem.

São mesmo um bando de incompetentes pretensiosos com receio de se verem confrontados com a própria aceitação de tais medidas que nunca questionaram, mesmo que os portugueses morram à fome.

---------------------

Laura Martins

oinfluenciavel.jpg 

"Vêm reforços a caminho"

Pode ler-se esta notícia no jornal público, no link abaixo:

http://www.publico.pt/mundo/noticia/os-paises-com-maiores-dificuldades-nao-deviam-porse-uns-contra-os-outros-1686721

"Vêm reforços a caminho" Num dia agitado pelas reacções ao pedido de Atenas para o prolongamento do empréstimo, e no rescaldo das críticas do Presidente da Comissão Europeia, Jean Claude Juncker, à troika, também um dos mais novos movimentos políticos portugueses decidiu distanciar-se da posição oficial do Governo português.

O Livre/Tempo de Avançar decidiu expressar o seu apoio às posições anti-austeridade do Governo grego. Numa carta, dirigida aos “concidadãos gregos”, entregue esta sexta-feira, de manhã, na embaixada helénica em Lisboa, e publicada no diário Efsyn e citada no jornal I Avgi, próximo do Syriza, o novo movimento político português assegura que “vêm reforços a caminho”.

“Envergonham-nos e revoltam-nos as notícias de que o Governo de Portugal tem sido um obstáculo”, lê-se na carta, que foi traduzida para grego. As críticas à posição portuguesa não se ficam por aqui. “Se a Grécia for bem sucedida, todos ficarão a saber que era possível fazer as coisas de forma diferente, ao contrário do que nos diziam. Os políticos deste Governo português forçam a intransigência dentro do Eurogrupo por razões que se prendem com o futuro político deles, mas que são contra o interesse nacional ou europeu.” Para a candidatura que nasceu da convergência entre o Livre, a Manifesto e a Renovação Comunista, o Executivo de Passos Coelho “não nos representa”. “ Faremos pressão, dentro e fora de Portugal, para que o Governo de Portugal mude de posição — ou para que Portugal mude de governo.”

Classificando a equipa de Alexis Tsipras como o “primeiro governo anti-austeridade da União Europeia”, a carta deseja que as negociações em curso na União Europeia possam conduzir “a um novo contrato”, que permita “um futuro melhor para toda a zona euro”, lê-se. “No que depender de nós, a Grécia nunca mais estará sozinha numa reunião do Eurogrupo. E vamos consegui-lo já no futuro próximo.

Caros concidadãos gregos: «aguentem firmes, que vêm reforços a caminho.”

publicado por LauraBM às 22:59

17
Fev 15

"A Verdade sobre a DESPESA do ESTADO" de Miguel Matos Chaves (Economista do CDS/PP) e auditor de Defesa Nacional  

Em lugar de colar aqui o artigo, decidi colar apenas o link. Assim, aproveitam e lêem o artigo por inteiro para saberem como andamos todos enganados, espoliados e como os deputados de Bruxelas se divertem às n/custas.

http://quintalusitana.blogspot.pt/2014/05/v-behaviorurldefaultvmlo_26.html  

Meus Prezados Amigos,

Um pouco farto de ver e ouvir certas histórias, que pressentia, mal contadas, decidi-me a fazer as minhas contas a partir das Fontes Oficiais (INE e EUROSTAT). Tem sido dito que os Pensionistas e os Reformados, junto com as Despesas de Pessoal do Estado, significariam, em conjunto, cerca de 75% a 78% das Receitas Públicas. Fui então verificar.

Ora sendo eu um cidadão preocupado com o desenvolvimento do meu País e com o Bem-Estar dos portugueses, achei que este número, a ser verdade, seria muito elevado e traria restrições severas a uma Política de Desenvolvimento e de Crescimento a Portugal. Mas depois de tanto ouvir, comecei a achar estranho que estes números fossem repetidos até à exaustão. E decidi investigar eu próprio da veracidade de tais números. Eis os Resultados: (1º) QUADRO nº 1 - Pensões e Reformas (Unidade: mil milhões de euros)

PENSÕES e Reformas

2011

2012

2013

P.I.B.

237,52 €

212,50 €

165,67 €

PENSÕES

13,20 €

13,60 €

14,40 €

Peso % - s/ PIB

5,56%

6,40%

8,69%

Total de Receitas

77,04 €

67,57 €

72,41 €

Peso % - s/ T. Receitas

17,13%

20,13%

19,89%

Meu comentário: Qual não foi o meu espanto quando face a “doutas” opiniões de Economistas do Regime, de Jornalistas (ditos de economia) e de Políticos em que todos coincidiam em que esta Rubrica rondaria os 30% a 35% das Receitas do Estado e cerca de 15% a 17% do PIB, vim a verificar os resultados do Quadro nº 1 que acima publico. Isto é: as Reformas e as Pensões, mesmo numa Economia em Recessão, significaram entre os 20,13% e os 19,89%, sobre as receitas totais do Estado. Muito longe, portanto, dos anunciados 30% a 35%. Mas se a análise for feita sobre o PIB então o seu significado variou, repito num quadro de uma Economia em Recessão, entre os 8,69% e os 5,56%. Portanto muito longe do anunciado pelos “especialistas”. A coberto dessas pretensas “realidades” foram cometidos os mais soezes ataques a esta parte da população portuguesa. Parafraseando o Prof. Doutor Adriano Moreira – “estamos em presença de um esbulho”.

NOTA: Por uma questão de educação não quero adjectivar mais as declarações sobre a matéria da Srª Ministra das Finanças e seu antecessor, nem do Sr. 1º Ministro, já que os restantes declarantes deixaram de me merecer qualquer respeito. (2º) QUADRO nº 2 - Despesas com Pessoal do Estado (Unidade: mil milhões de euros)

PESSOAL

2011

2012

2013

P.I.B.

237,52 €

212,50 €

165,67 €

Despesas c/ Pessoal

11,30 €

10,00 €

10,70 €

Peso % - s/ PIB

4,76%

4,71%

6,46%

Total de Receitas

77,04 €

67,57 €

72,41 €

Peso % - s/ T. Receitas

14,67%

14,80%

14,78%

Meu comentário: Devo confessar que aqui, nesta rubrica, o meu espanto ainda foi maior, dada a prolixa comunicação sobre este tema proferida pelos actores acima referidos. E feitas as contas, (quadro nº 2 acima), e juntando então os dois, os resultados são na verdade os seguintes:  (Quadro nº 3 – Pensões e Reformas + Custos c/ Pessoal) (Unidade: mil milhões de euros)

PENSÕES + Desp. PESSOAL

2011

2012

2013

P.I.B.

237,52 €

212,50 €

165,67 €

PENSÕES + Desp. PESSOAL

24,50 €

23,60 €

25,10 €

Peso % - s/ PIB

10,31%

11,11%

15,15%

Total de Receitas

77,04 €

67,57 €

72,41 €

Peso % - s/ T. Receitas

31,80%

34,92%

34,66%

Ou seja: a SOMA das Pensões e Reformas com as dos Custos de Pessoal do Estado, somam (numa Economia em Recessão) entre os 34,92% (incluindo aqui as indemnizações de mútuo acordo das rescisões então efectuadas) e os 31,80% sobre as Receitas Totais do Estado; e entre 15,15% (incluindo aqui as indemnizações de mútuo acordo das rescisões então efectuadas) e os 10,31% sobre o Produto Interno Bruto.

OU SEJA: Menos de Metade dos números anunciados pelo Sr. 1º Ministro e seus Ministros das Finanças, para falar de actores políticos relevantes, deixando de lado as personalidades menores que pululam nas Televisões, Rádios e Imprensa escrita que passei assim a tratar dada a sua falta de seriedade intelectual. E a coberto disto se construiu uma Política do agrado do Sistema Financeiro, por razões e números que aqui não vou referir, e dos Credores (por razões que aqui também me dispenso de enumerar).

CONCLUSÃO: Estamos a ser enganados deliberadamente por pessoas que têm e prosseguem uma filosofia política bem identificada e proveniente dos teóricos da Escola de Chicago (a Escola Ultra Liberal), apesar de um dos seus maiores expoentes, o Sr. Alan Greenspan – ex- Governador do FED (Reserva Federal Norte-americana) ter pedido desculpa por ter acreditado nela e ter permitido os desmandos do sector financeiro que nos trouxeram até às crises das Dívidas Soberanas, embora ajudados pela subserviência, incúria e incompetência de boa parte das classes políticas ocidentais. Espero ter sido útil neste meu escrito.

Na verdade sendo um homem da Direita Conservadora o meu primeiro Partido é Portugal. Os Partidos Políticos são, para mim, apenas Instrumentos para o engrandecimento de Portugal. Se não cumprirem esta missão então, para mim, não servem para nada. E vejo, com extremo desgosto, o meu próprio Partido – o CDS-PP, metido nesta situação degradante para Portugal e para os Portugueses sabendo que há alternativas. E acima de tudo odeio a mentira.

Está na hora, na minha opinião, de reformar e modificar o sistema político vigente, sob pena de irmos definhando enquanto Nação Independente.

Com os meus melhores cumprimentos Miguel Mattos Chaves Gestor Doutorado em Estudos Europeus (dominante: Economia) Auditor de Defesa Nacional

publicado por LauraBM às 22:41

25
Dez 14

Quem me dera que este pedido se tivesse realizado e o Pai Natal o tivesse ouvido.

Infelizmente há muitos meninos que ficaram sem a prenda desejada.

Socrates-Natal_acompanhado.jpg

 

publicado por LauraBM às 00:27

19
Abr 14

publicado por LauraBM às 21:47

07
Abr 14
publicado por LauraBM às 22:48

29
Mar 14
publicado por LauraBM às 00:16

16
Mar 14

publicado por LauraBM às 22:18

26
Fev 14

Então isto é que é um Miró? Pfffff... podem vender!

 

 

 

 

 

publicado por LauraBM às 01:08

19
Fev 14

 

CUIDADO-CUIDADO-CUIDADO-CUIDADO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! 

 

Se receberes um mail a dizer "Vamos vencer a Crise" ou "Isto está a correr bem" no assunto, não abras.

É um vírus muito destrutivo.

Clicas e sai um ministro que te come a reforma ou o ordenado, o posto de trabalho, a casa, os subsídios, as comparticipações nos medicamentos, as escolas dos teus filhos e o que ainda tiveres no frigorífico. 

Para te livrares dele tens de reinstalar o país e esperar que o Cavaco termine o mandato. 

Este aviso é real. Alerta os teus amigos. Partilha!!!

publicado por LauraBM às 21:59

06
Fev 14

 

Tudo isto é dum tal ridículo que passa a surrealista e depois a pouca vergonha.

 

Só me pergunto como é possível que tanta gente não veja isto.

 

É difícil acreditar que neste governo não exista uma única pessoa de bem ou com algum pingo de vergonha na cara.

publicado por LauraBM às 22:51

01
Fev 14

publicado por LauraBM às 00:17

07
Jan 14

 

 

publicado por LauraBM às 14:24

22
Out 13

publicado por LauraBM às 22:35

12
Set 13
Mas como um país tão pequeno consegue ser tão gastador?
É, certamente, porque temos grandes homens e mulheres que precisam de grandes notas para gastarem à grande, acho eu, sei lá!!!!!!!
E sabem que mais? Se eu tivesse aonde ir buscar, e quem me pagasse tudo que eu quisesse (embora forçado), talvez eu aproveitasse bem melhor a vida!!!!!
Laura B. Martins
45 000?, por dia. É obra, sr. Presidente Cavaco Silva!
Com tanto dinheirinho (nosso, é claro) qualquer dia até deixa de ser cavaco, mete-se num spa e vira um rapazola todo catita. O dinheiro faz milagres!
--------------------------
Laura B. Martins
 
Só faltava este "moralista de trazer por casa"!!!!!!!!!! E quem o ouve falar não o leva preso!  
Ó meus amigos, O ‘Mário Branco cantava, faz uns anitos já, assim – “Qual é a tua ó meu?...”  
E já agora… qual é a ‘vossa’?...
Então fiquem-se lá com adele (a do senhor Silva…!
 
45 mil euros por dia para a Presidência da República.

As contas do Palácio de Belém

O DN descobriu que a Presidência da República custa 16 milhões de euros por ano(163 vezes mais do que custava Ramalho Eanes),ou seja, 1,5 euros a cada português.

Dinheiro que, para além de pagar o salário de Cavaco, sustenta ainda os seus 12 assessores e 24 consultores,

bem como o restante pessoal que garante o funcionamento da Presidência da República.

A juntar a estas despesas, há ainda cerca de um milhão de euros de dinheiro dos contribuintes que todos os anos serve para pagar pensões e benefícios aos antigos presidentes.

Os 16 milhões de euros que são gastos anualmente pela Presidência da República colocam Cavaco Silva entre os chefes de Estado que mais gastam em toda a Europa, gastando o dobro do Rei Juan Carlos de Espanha (oito milhões de euros) sendo apenas ultrapassado pelo presidente francês, Nicolas Sarkozy (112 milhões de euros) e pela Rainha de Inglaterra, Isabel II, que custa 46,6 milhões de euros anuais.

publicado por LauraBM às 23:39

03
Jan 13

 

Querem que comente? Será preciso??????????????

publicado por LauraBM às 00:04

14
Out 12

E vai agora «a múmia paralítica», vulgarmente designada como Presidente Cavaco Silva, mandar recadinhos para os portugueses por intermédio do Facebook!!!!!!!!

Eu nem queria acreditar!

Então, num momento destes em que o povo se manifesta pelas ruas, em completo desacordo com as políticas seguidas por estes desgovernados, a múmia vai brincar para o Facebook e ainda pretende que a Europa vá ler o que ele escreve???? Está tudo doido ou quê??????????

Mas será que ele pretende mesmo que os outros países venham ler-lhe o Facebook? hahahahaha

(ri-te, palhaço)

 

Pelo menos uma vez na vida, depois das asneiras que já fez no passado, noutros mandatos, e que muito complicaram a vida a todos nós, podia dar uma explicação, dizer alguma coisa de jeito, explicar-nos se o dinheirinho ao fim do mês já lhe chega para as despesas, não????

 

- E que tal se ele deixasse os chinelos de quarto mais a lareira da residência oficial da presidência e fosse gastar mais uns dinheirinhos aos portugueses? O mesmo seria dizer que tal se ele fosse fazer o que faz o Seguro que anda lá pelos países das troikas a explicar que a coisa assim não funciona?

- E se fosse também aos aliados da desgraça saber o que estão a fazer, e como, para negociarem tempo e dinheiro com a troika?

- E se tentasse que se juntassem os países endividados e combinassem qualquer coisita para conseguirmos sair desta alhada sem ficarmos todos a pedir esmola?

- E se «o velhadas aperaltado» fosse, mesmo de bengala, fazer alguma coisa, já que nada faz a não ser beber um cházinho quente????

 

E se os portugueses pusessem esta cambada toda no olho da rua, fizessem uma nova constituição e elegessem GENTE?

Sim, Gente com G grande em vez destes politicozecos de meia tigela que não se importam minimamente com as pessoas.

Esta gente só quer saber das falcatruas que lhes podem render uns dinheirinhos ou conseguir amigalhaços para, quando saírem do poleiro, ficarem bem encostados!

 

Ah, cambada de incompetentes aproveitadores, cínicos e safados, todos eles!!!!!!!

E nós aqui a suar frio para estes trambiqueiros terem sauna!!!!!!!

Isto só vai a eito quando rolarem algumas cabeças!!!!!!!

--------------------------

Laura Martins

 

Cachorro candidato a prefeito numa cidade italiana

http://operamundi.uol.com.br/conteudo/noticias/24801/Cachorro+e+candidato+a+prefeito+em+pequena+cidade+italiana+.shtml 

Pois que se eleja um cachorro porque os cães já estão no poder

publicado por LauraBM às 23:14

10
Out 12

Não percam este vídeo, por amor de Deus, portugueses!

Cliquem nesse link:
http://www.youtube.com/watch?v=tJj0H5C-uhc&feature=colike

 

 

A vergonha do empobrecimento dos portugueses por causa das parcerias público-privadas magicadas em 2005 pelo 1º ministro Sócrates c/o aval de presidente Cavaco Silva.

 

Estas parcerias enriqueceram alguns políticos enquanto nos condenavam à miséria a partir de 2013 quando os pagamentos destas mesmas parcerias dispararem já em 2013.


E é esta gente que diz que nos governa mas nos condena à fome!
---------------------------------------------------


Jornalista José Gomes Ferreira na Sic c/ Clara de Sousa
Não percam os vídeos deste jornalista para sabermos o que nos vai acontecer após 2013!
E tudo com a assinatura da múmia paralítica Presidente Cavaco Silva (desde 2005) enquanto o maldito Sócrates engendrava a nossa ruína!

 

ACORDEM PORTUGUESES!!!!!!!!!!!!

Ainda não está tudo perdido!

publicado por LauraBM às 18:38

14
Abr 12
Se em todos os países houvesse gente capaz, como houve na Islândia, as cadeias estavam cheias mas o povo feliz e bem tratado.
Assim, as cadeias estão na mesma cheias de gente mas, uma boa parte poderia ser aproveitada.
O azar deles foi sentirem fome e não haver emprego nem dinheiro para comer e pagarem dívidas.
 
E alguns políticos e banqueiros já estão (DENTRO), Graças a Deus! Fizessem isto em todos os países e outro galo cantaria!
RESPONSABILIZEM-NOS!!!!!!!!!!! São intocáveis, ou quê?????????
 
Porque será que a comunicação social nunca fala da Islândia apesar de choverem comentadores e mesas redondas nas TVs, jornais e rádios? MISTÉRIO!!!!!!!
Parece que todo o mundo virou sabichão da política nacional e internacional!!!!!!!!!! Muitos até já estiveram em governos anteriores e não deixaram saudades!
Laura Martins

Tradução do vídeo (que está em espanhol):
O governo da Islândia cancelou a dívida hipotecária de parte da população do país. Esta nação escolheu uma maneira muito diferente do escolhido pelo resto da Europa para superar a crise. Eles decidiram ouvir a demanda da população e colocar os políticos e banqueiros no banco dos acusados ​​três anos depois de ser socorrida pelo Fundo Monetário Internacional. O governo anunciou que a maioria das dívidas hipotecárias da população seria perdoado como uma resposta às demandas dos cidadãos.
publicado por LauraBM às 01:16

08
Mar 12
publicado por LauraBM às 23:53

07
Mar 12
Gregos mostram paciência enorme, diz historiador. http://t.co/1SXEZs5B
http://twitter.com/#!/folha_mundo/status/177258036279263232
 
Pois, pois.........
Mas os gregos tiveram a dívida perdoada e Portugal continua a gemer por todos os lados.
Não quero prejudicar os gregos, longe de mim tal ideia, mas esta União Europeia é a amostra da verdadeira DESUNIÃO EUROPEIA.
Como é possível perdoar a dívida a um país e obrigar o outro país a pagar integralmente, sabendo de antemão, pelo acontecido na Grécia, que o resultado das troikas e políticas de contenção é, realmente, matar os cidadãos de qualquer maneira?
Quando se ouvia falar na Nova Ordem Mundial, ninguém sabia como se ia processar. Muitos julgavam que se iriam matar cidadãos com medicamentos (chegou a falar-se disso aquando da vacina para a «gripe das aves».
Outros pensaram em guerras e, outros ainda, deixaram de pensar nisso por julgarem inviável que tal acontecesse.
Agora, eu sei, como portuguesa, como se podem matar as populações impunemente e à vista de todos:
No caso de Portugal o aumento do número de mortes desde a troika é já impressionante, e começa pelas cidadãos mais enfraquecidos: doentes e velhos.
Os doentes não podem tratar-se devido à contenção e carestia dos serviços de saúde e os velhos, idem, com a agravante de se alimentarem mal devido às exíguas reformas que auferem.
Há crianças com fome nas escolas (não lhes dão o pequeno almoço em casa e, ao almoço, as cantinas escolares reduziram a quantidade dos alimentos fornecidos).
Portugal está a morrer à míngua!
É PRECISO QUE ISTO CIRCULE EM TODOS OS PAÍSES E EM TODAS AS LÍNGUAS.
 
NOTA:
Também o extermínio dos judeus era sabido em todos os países e nem assim a Alemanha deixou de o executar.
Novamente a dita Alemanha tem uma ideia luminosa e sádica, tal como a do extermínio, e ninguém se opõe!
Vivam os pacifistas de poltrona!!!
--------------------
Laura B. Martins
publicado por LauraBM às 22:47

23
Dez 11

Com tanta coisa a acontecer ainda nem tinha feito um presépio para animar o Natal de 2011.

Pouco há a dizer sobre a escolha das personagens, tendo o papel da vaca ficado entregue ao sorriso das vaquinhas que o Cavaco tanto parece apreciar e o do Burro ao Seguro que não aparece na imagem porque anda por aí a fazer abstenção violenta.
Bom Natal a todos.

---------------------------

http://wehavekaosinthegarden.blogspot.com/2011/12/um-presepio-para-2011.html

publicado por LauraBM às 23:31

15
Dez 11

Cavaco Silva deixou passar os oito dias de que dispunha para enviar o Orçamento do Estado ao Tribunal Constitucional.

As polémicas propostas de cortes salariais à Função Pública e pensionistas, que o Presidente tinha criticado, por violarem princípios constitucionais básicos, deverão avançar com a sua bênção.

Se há personagem que mais repulsa me causa na politica portuguesa é este Sr.Silva, medroso, hipócrita, fingido, culpado e também culpado de muito do mal que aconteceu a este país. Nem consegue sequer ser coerente no que diz, nem executar a mais importante função como Chefe de Estado, defender o cumprimento da Constituição.

Afirmar ele próprio a existência de inconstitucionalidades básicas no Orçamento e depois não o enviar para o Tribunal Constitucional é inaceitável.

Podem apresentar-se todos os argumentos: da crise, do Euro, da Troika, da Merkel, da merda que quiserem, que nada poderá justificar o não cumprimento da lei fundamental do país. Aí os direitos não podem ser apelidados de regalias, como têm feito nos direitos laborais e sociais sempre que querem acabar com mais um.
Ao permitir que sejam violados direitos básicos do cidadão consagrados na Constituição, o Presidente da Republica está a quebrar o juramento feito na tomada de posse, perdendo por isso toda a legitimidade para ocupar esse cargo. Demita-se!!!!!

--------------------------------------

http://wehavekaosinthegarden.blogspot.com/2011/12/oh-silva-demite-te-pa.html

 

NOTA:

Que mais poderemos acrescentar se acima já está tudo dito?

Talvez sentirmo-nos solidários com este desabafo e desiludidos com os incompetentes que dizem governar-nos, enquanto se governam e rapam no mesmo tacho - PORTUGAL.

Correm-me as lágrimas enquanto me apercebo do estado caótico do meu país!

-------------------------

Laura Martins

publicado por LauraBM às 23:34

04
Dez 11

Publicado às 19.00 no Jornal de Notícias de 3/12/2011

http://www.jn.pt/PaginaInicial/Politica/Interior.aspx?content_id=2165376

 

O empresário Joe Berardo diz que o presidente da República não tem conseguido manter o compromisso de "defender os portugueses", nem explicar o seu envolvimento em algumas situações polémicas, pelo que deve "pedir a resignação" do cargo.

foto Orlando Almeida/GLOBAL IMAGENS

 

Joe Berardo

 

"O presidente da Republica é um pouco responsável por muita coisa que aconteceu até agora", disse o comendador à agência Lusa, acrescentando: "Acho que o presidente da República devia pedir a resignação".

"O nosso Presidente da República, não sei por quanto tempo, vai ficar muito zangado, mas não estou preocupado com o Presidente, estou preocupado é com o que está a acontecer a Portugal, que não há maneira de dar a volta por cima", acrescentou Joe Berardo.

O empresário justifica o pedido de resignação, dizendo que Cavaco Silva está "relacionado com o BPN, ganhou dinheiro, e isso nunca foi bem explicado aos portugueses", e tinha encontros com Oliveira e Costa (antigo responsável do BPN), um "amigo de longa data e homem do fisco do tempo" dos seus governos.

"Vi o presidente da República dizer publicamente que o Dias Loureiro (antigo ministro e responsável do BPN) era uma pessoa honesta, em quem tinha confiança, mas já saiu", referiu ainda o comendador.

Segundo Joe Berardo, enquanto governante, Cavaco Silva, defendeu também medidas que prejudicaram o sector das pescas de Portugal e "agora diz que o Governo devia lançar-se pelo mar".

 

NOTA:

Ao mar, ao mar, sr. Joe Berardo! O que o governo devia era lançar-se ao mar e não pelo mar; já que  os portugueses não têm coragem para tal.

Somos um povo amistoso e afeiçoado aos seus (mesmo que sejam dos governos que nos têm tramado e de que maneira!!!!!).

Fazer o quê se somos mansos????????

Os seus telhados de vidro não me incomodam. Pelo menos tem a coragem de falar aberta e claramente o que pensa do actual estado do país e dos culpados de falinhas mansas.

----------------

Laura Martins

publicado por LauraBM às 22:08

26
Nov 11

publicado por LauraBM às 23:40

18
Out 11

mas quem está abaixo que se aguente (que é como quem diz: «o povo que se lixe»)

- enquanto Cavaco esteve no governo, o que é que fez??????????

- enquanto Cavaco está no governo, o que é que faz? (fala de cátedra)

- enquanto Passos Coelho esteve fora do governo, o que é que fez???

 

-------------------------------------------------------

 

Lisboa, 5 out (Lusa)

- O Presidente da República, Cavaco Silva, defendeu hoje que "a cultura republicana implica uma reforma profunda do exercício de funções públicas" e que os cidadãos exigem uma "mudança profunda na acção política".

Na sua intervenção nas comemorações oficiais do 101º aniversário da implantação da República, Cavaco Silva declarou que "acabaram os tempos de ilusões", considerando que Portugal perdeu "muitos anos na letargia do consumo fácil" e que agora "o valor republicano da austeridade digna" deve ser redescoberto.

Segundo o Presidente da República, estes tempos "muito difíceis" tornam urgente "reinventar o republicanismo, fundar um republicanismo ajustado às exigências cívicas do novo século" e, "precisamente porque se pedem mais sacrifícios, o exemplo dos agentes políticos tem de ser mais autêntico".

IEL

Lusa/Fim

publicado por LauraBM às 15:41

03
Ago 11

 

 

Em resposta ao seu anúncio, apenas quero perguntar-lhe para que vai gastar dinheiro num programa se o homem mal se ouve?

 
Coitado!!!! 
O homem já fala tão pouco...
 
Até nem fala quando deveria!...
 
Fala, boca!!!!!!!!!!!!!
Anda, desembucha que o menino d'ouro já era!!!!!

 

publicado por LauraBM às 21:47

25
Jul 11

Este país miserável a ouvir "conselhos e recomendações" deste "espécimen"...
Onde está a moral?
Pois... Tivemos um Presidente mudo e quedo durante as poucas vergonhas do Sócrates que só acordou agora, cheio de boa disposição e vontade de se divertir!
Até às festas dos Santos Populares em Lisboa ele já foi. Vai a todas.
Começo a pensar que saiu das nossas televisões, diariamente, o malandro do primeiro ministro e no lugar dele ficou o presidente a julgar que é bonito.

E temos que o aturar mais uns anitos! Possa!!!!!!!!!

--------------------------------------------------------------------------------
Deve viver-se bem num Palácio, ali mesmo ao pé dos pastelinhos de Belém, com um orçamento de 45 mil euros por dia sem ter nada para fazer.

São 16 milhões por ano de orçamento para a Presidência da República, mais que o dobro daquilo a que tem direito a Casa Real Espanha que se fica pelos 7 milhões.

E o povo, pá?

Que se lixe que o dele já lá está no papo!!!!!

publicado por LauraBM às 22:58

"O Congresso Nacional é um local que:
se gradear vira zoológico,
se murar vira presídio,
se colocar uma lona em cima vira circo,
se colocar lanternas vermelhas vira prostíbulo
e se der descarga não sobra ninguém."

======================

Frase do Dia, do Mês, do Ano e do Século

“Portugal é hoje um paraíso criminal onde alguns inocentes imbecis se levantam para ir trabalhar, recebendo por isso dinheiro que depois lhes é roubado pelos criminosos e ajuda a pagar ordenados aos iluminados que bolçam certas leis.”


===================================

"Ponha-se na presidência qualquer medíocre, louco ou semi-analfabeto, e vinte e quatro horas depois a horda de aduladores estará à sua volta, brandindo o elogio como arma, convencendo-o de que é um gênio político e um grande homem, e de que tudo o que faz está certo.
Em pouco tempo transforma-se um ignorante em um sábio, um louco em um gênio equilibrado, um primário em um estadista.
E um homem nessa posição, empunhando as rédeas de um poder praticamente sem limites, embriagado pela bajulação, transforma-se num monstro perigoso".

-------------------------------------------

General Olímpio Mourão Filho
(in A Verdade de um Revolucionário de 1978)



ESSA FRASE DEVE CONTINUAR CIRCULANDO....

Frase da filósofa russo-americana Ayn Rand (fugitiva da revolução russa, que chegou aos Estados Unidos na metade da década de 1920), mostrando uma visão com conhecimento de causa:


“Quando você perceber que, para produzir, precisa obter a autorização de quem não produz nada; quando comprovar que o dinheiro flui para quem negocia não com bens, mas com favores; quando perceber que muitos ficam ricos pelo suborno e por influência, mais que pelo trabalho, e que as leis não nos protegem deles, mas, pelo contrário, são eles que estão protegidos de você; quando perceber que a corrupção é recompensada, e a honestidade se converte em auto-sacrifício; então poderá afirmar, sem temor de errar, que a sua sociedade está condenada”.


Qualquer semelhança com o Brasil e o Portugal de hoje, não é mera coincidência...


"Um povo imbecilizado e resignado, humilde e macambúzio, fatalista e sonâmbulo, burro de carga, besta de nora, sacos de vergonhas, feixes de misérias, sem uma rebelião, um mostrar de dentes, a energia dum coice, pois que nem já com as orelhas é capaz de sacudir as moscas...”

--------------------------------------------

Guerra Junqueiro, in "Pátria", escrito em 1896

O problema de Portugal é que quem elege os governantes
não é o pessoal que lê o jornal, mas quem limpa o traseiro com ele!


Para que serve a política?

*Funcionamento do blog:
Clique sobre cada TAG e veja os arquivos do tema.
*Antiguidades óptimas
*A sair do forno
Um povo imbecilizado, uma classe política corrupta...
Eu não ligo muitos aos conceitos 'Direita' e 'Esqu...
Por favor, ajude-me a trazer esta petição para a a...
EU NÃO ME ENQUADRO NESSE ...
Nem sei que responda a um caso tão dramático.A rea...
A TRÍADE SALOIA Casino Estoril Sol IIINo caso da ...
as Eleições em Portugal a Comissão Nacional de Ele...
Em relação aos sistemas económicos, muito se tem f...
Se com uma pensão inteira já é quase impossível ...
Isso é governar, não é comprar votos como fazem L...